Musica Italiana

Voce 'e notte

( Canta: Claudio Villa )
( Autores: E. Nicolardi - E. De Curtis - 1904 )

Original em dialeto napolitano Tradução

Si 'sta voce te scéta 'int''a nuttata,
mentre t'astrigne 'o sposo tujo vicino,
statte scetata, si vuó' stá scetata,
ma fa' vedé ca duorme a suonno chino.

Nun ghí vicino ê llastre pe' fá 'a spia,
pecché nun puo' sbagliá, 'sta voce e' 'a mia,
e' 'a stessa voce 'e quanno tutt'e duje,
scurnuse, nce parlávamo cu 'o "vvuje".

Si 'sta voce te canta dint''o core
chello ch'i' nun te cerco e nun te dico,
tutt''o turmiento 'e nu luntano ammore,
tutto ll'ammore 'e nu turmiento antico.

Si te vène na smania 'e vulé bene,
na smania 'e vase córrere p''e vvéne,
nu fuoco ca te brucia comm'a che,
vásate a chillo. Che te 'mporta 'e me!

Si 'sta voce che chiagne 'int''a nuttata
te sceta 'o sposo, nun avé paura,
vide ch'è senza nomme 'a serenata,
dille ca dorme e ca se rassicura.

Dille accussí: "Chi canta 'int'a 'sta via
o sarrá pazzo o more 'e gelusia!
Starrá chiagnenno qualche 'nfamitá.
Canta isso, sulo. Ma che canta a fá?!"


Se esta voz te acorda na noitada,
enquanto ficas abraçada ao teu esposo do teu lado,
fica acordada, se queres ficar acordada,
mas finges que estás dormindo profundamente.

Não ir perto da janela para espiar,
porque não podes errar, esta voz é a minha,
é a mesma voz de quando nós dois,
timidamente, nos falávamos usando o "Vós".

Se esta voz te canta dentro do coração
aquilo que eu não peço e não te digo,
todo o tormento de um amor distante,
tudo o amor de um tormento antigo.

Se tiver o desejo de carinhos,
um desejo de beijos correndo nas tuas veias,
um fogo que te queima além do normal,
beija aquele. Não se preocupe comigo!

Se esta voz que chora na noite
acorda o teu esposo, não ter medo,
observa que a serenada não faz nomes,
diz-lhe que durma e que fique tranquilo.

Diz-lhe assim: "Quem canta nesta rua
ou será louco ou morre de ciúme!
Estará chorando por alguma infâmia.
Canta somente isso.  Mas porque fica cantando?!