Musica Italiana

Venticello de Roma

( Canta: Renato Rascel )
( Autor: Renato Rascel - 1957 )

Original em dialeto romano Tradução

Venticello,
venticello de Roma.
Venticello
profumato de sole e d'amor.

Se la sera
l'Aventino te chiama
'i arisponni
dal Gianicolo in fior.

Mentre in cielo mille stelle brilleno,
diecimila bocche già se cercheno.
Tu le sfiori e 'i aridai un brivido
e nell'oscurità...

Tu sfarfalli
pe' le strade de Roma.
Venticello
che ce aiuti a sognar.

Mentre in cielo mille stelle brilleno,
diecimila bocche già se cercheno.
Tu le sfiori e 'i aridai un brivido
e nell'oscurità...

Tu sfarfalli
pe' le strade de Roma.
Venticello
che ce aiuti a sognar.

Chi te po' mai scordar
venticello de Roma!


Brisa,
brisa de Roma.
Brisa
perfumada de sol e de amor.

Se a noitinha
o Aventino te chama
lhe respondes
do Gianicolo florido.

Enquanto no céu mil estrelas brilham,
dez mil bocas já se buscam.
Tu as tocas de leve e lhe dás um arrepio
e na obscuridade....

Tu esvoaças
pelas ruas de Roma.
Brisa
que nos ajudas a sonhar.

Enquanto no céu mil estrelas brilham,
dez mil bocas já se buscam.
Tu as tocas de leve e lhe dás um arrepio
e na obscuridade....

Tu esvoaças
pelas ruas de Roma.
Brisa
que nos ajudas a sonhar.

Quem pode te esquecer
brisa de Roma!