Musica Italiana

Vaghissima sembianza

( Canta: O Tenor Enrico Caruso )
( Autor: Stefano Donaudy - 1918 )
( Romanza )

Original em italiano Tradução

Vaghissima sembianza
d'antica donna amata,
chi, dunque, v'ha ritratta
con tanta simiglianza
ch'io guardo, e parlo,
e credo d'avervi
a me davanti
come ai bei dì d'amor?

La cara rimembranza
che in cor mi s'è destata
sì ardente, v'ha già fatta
rinascer la speranza
che un bacio, un voto,
un grido d'amore,
più non chiedo che a lei
che muta è ognor.

Non chiedo,
non chiedo che a lei,
che a lei,
che muta è ognor!


Semelhança muito vaga
de antiga mulher amada,
quem, pois, pintou você
com tanta semelhança
que eu olho, e falo,
e acredito de ter você
na minha frente
como nos belos dias de amor?

A querida lembrança
que acordou no meu coração
tão ardente, já fez
renascer a esperança
que um beijo, um voto,
um grito de amor,
mais não peço que a ela
que está sempre muda.

Não peço,
não peço que a ela,
que a ela,
que está sempre muda!