Musica Italiana

Un grande amore e niente più

( Canta: Peppino di Capri )
( Autor: Franco Califano - 1973 )

Original em italiano Tradução

Io lontano da te,
pescatore lontano dal mare.
Io chiedo da bere
a una fonte asciugata dal sole.

Solitudine e malinconia,
i soprammobili di casa mia,
qualche libro, una poesia
e sul piano una fotografia.

Io e te,
un grande amore e niente più.
Io e te,
le nostre corse fin laggiù.

Là dove c'e'
la capanna scoperta da noi,
dove tu mi dicesti vorrei....
amore vorrei.... stasera vorrei....

Notti, notti d'amore.
Nel silenzio il mio nome, il tuo nome,
ma non risale l'acqua di un fiume
e nemmeno il tuo amore ritorna da me.

Solitudine e malinconia,
in ogni angolo, in ogni via.
Ti rimprovero una sola cosa,
che potevi almeno dirmi scusa.

Io e te,
un grande amore e niente più.
Io e te,
le nostre corse fin laggiù.

Là dove c'e'
la capanna scoperta da noi,
dove tu mi dicesti vorrei....
amore vorrei.... stasera vorrei....

Io e te,
un grande amore e niente più.
Io e te,
le nostre corse fin laggiù.

Io e te!
Io e te!
Io e te!


Eu longe de você,
pescador longe do mar.
Eu peço de beber
a uma fonte ressecada pelo sol.

Solidão e melancolia,
os adornos da casa minha,
algum livro, uma poesia
e sobre o piano uma fotografia.

Eu e você,
um grande amor e nada mais
Eu e você,
nossas corridas até lá.

Lá onde tem
a cabana descoberta por nós,
onde você disse queria....
amor queria.... esta noite queria....

Noites, noites de amor.
No silencio meu nome, seu nome,
mas não volta atrás a água de um rio
e nem seu amor volta para mim.

Solidão e melancolia,
em cada esquina, em cada rua.
Te censuro somente por uma coisa,
que podia pelo menos pedir desculpas.

Eu e você,
um grande amor e nada mais
Eu e você,
nossas corridas até lá.

Lá onde tem
a cabana descoberta por nós,
onde você disse queria....
amor queria.... esta noite queria....

Eu e você,
um grande amor e nada mais
Eu e você,
nossas corridas até lá.

Eu e você!
Eu e você!
Eu e você!