Musica Italiana

Un'estate fá

( Cantam gli: Homo Sapiens )
( Autores: M. Fugain - P. Delanoe - F. Califano - 1973 )
( Titulo original: Une belle histoire )

Versão italiana Tradução

Un'estate fa
la storia di noi due,
era un pò come una favola.

Ma l'estate va
e porta via con sé
anche il meglio delle favole.

L'autostrada è là, ma ci dividerà.
La mia strada della vacanza,
segnerà la tua lontananza.

Un'estate fa non c'eri che tu,
ma l'estate somiglia a un gioco,
è stupenda ma dura poco.

Poco, poco, poco.

Torno a casa mia
e torni pure tu,
sono cose che succedono.

Un'estate in più
che mi regalerà
un autunno malinconico.

L'autostrada è là, ma ci dividerà.
La mia strada della vacanza,
segnerà la tua lontananza.

Un'estate fa non c'eri che tu,
ma l'estate somiglia a un gioco,
è stupenda ma dura poco.

Poco, poco, poco.

Un'estate fa
la storia di noi due,
era un pò come una favola.

Ma l'estate va
e porta via con sé
anche il meglio delle favole.

L'autostrada è là, ma ci dividerà.
La mia strada della vacanza,
segnerà la tua lontananza.

Un'estate fa non c'eri che tu,
ma l'estate somiglia a un gioco,
è stupenda ma dura poco.

Poco, poco, poco.

E finisce qui
la storia di noi due,
due ragazzi che si perdono!

Na na na na na........


No verão passado
a história de nós dois,
era um pouco como uma fabula.

Mas o verão vai
e leva consigo
também o melhor das fabulas.

A rodovia está lá, mas nos dividirá.
A minha estrada das ferias,
marcará a tua distancia.

No verão passado não havia que tu,
mas o verão é parecido com uma brincadeira,
é estupendo mas dura pouco.

Pouco, pouco, pouco.

Volto para a casa minha
e voltas também tu,
são coisas que acontecem.

Um verão a mais
que me doará
um outono melancólico.

A rodovia está lá, mas nos dividirá.
A minha estrada das ferias,
marcará a tua distancia.

No verão passado não havia que tu,
mas o verão é parecido com uma brincadeira,
é estupendo mas dura pouco.

Pouco, pouco, pouco.

No verão passado
a história de nós dois,
era um pouco como uma fabula.

Mas o verão vai
e leva consigo
também o melhor das fabulas.

A rodovia está lá, mas nos dividirá.
A minha estrada das ferias,
marcará a tua distancia.

No verão passado não havia que tu,
mas o verão é parecido com uma brincadeira,
é estupendo mas dura pouco.

Pouco, pouco, pouco.

E termina aqui
a história de nós dois,
dois jovens que se perdem!

Na na na na na........