Musica Italiana

Una chitarra nella notte

( Canta: O Tenor Luciano Pavarotti )
( Autores: Bonagura - E. Ruccione - 1941 )

Original em italiano Tradução

Mentre sola e senza nome,
senza dirmi come,
la mia canzone appassionata
piange, bocca profumata,
chioma di velluto,
tu non m'ami più.

Una chitarra nella notte
sospira per te,
ti voglio bene
e tu non sai capir,
non sai pensar
quanto tu mi fai soffrir.

Una chitarra nella notte
singhiozza a canta con me,
quel caro sogno che svanì,
quel dolce bene che eri tu,
non lo potrò dimenticare
mai più.

Piange, bocca profumata,
chioma di velluto,
tu non m'ami più.

Una chitarra nella notte
sospira per te,
ti voglio bene
e tu non sai capir,
non sai pensar
quanto tu mi fai soffrir.

Una chitarra nella notte
singhiozza e canta con me,
quel caro sogno che svanì,
quel dolce bene che eri tu
non lo potrò dimenticare
mai più.

Bocca di velluto,
mai più!


Enquanto sozinha e sem nome,
sem dizer-me como,
a minha canção apaixonada
chora, boca perfumada,
cabelos de veludo,
tu não me amas mais.

Uma guitarra na noite
suspira pra ti,
te quero bem
e tu não sabes entender,
não sabes pensar
quanto tu estás fazendo-me sofrer.

Uma guitarra na noite
soluça e canta comigo,
aquele querido sonho que desvaneceu,
aquele doce bem que eras tu,
não poderei esquecer
nunca mais.

Chora, boca perfumada,
cabelos de veludo,
tu não me amas mais.

Uma guitarra na noite
suspira pra ti,
te quero bem
e tu não sabes entender,
não sabes pensar
quanto tu estás fazendo-me sofrer.

Uma guitarra na noite
soluça e canta comigo,
aquele querido sonho que desvaneceu,
aquele doce bem que eras tu,
não poderei esquecer
nunca mais.

Boca de veludo,
nunca mais!