Musica Italiana

Una bambina sei tu

( Canta: Natalino Otto )
( Autor: Giorgio Fabor - 1954 )

Original em italiano Tradução

Noi siamo il sole e la pioggia,
la primavera e l'inverno,
l'alba che nasce e il tramonto
d'un giorno che muor.

Una bambina sei tu
e ti credi già donna.
Non allungare di più
la tua candida gonna.

Sei innamorata di me
e i tuoi occhi mi cercano,
ma sei piccola,
e da piccola sogni ancor.

L'anima bella che ancor
non conosce bugia,
lascia che attenda serena
l'amor che verrà.

Una bambina sei tu
e bambina rimani.
Non puoi sciupare così
un radioso domani.

Oggi t'illudi perchè
tutto sembra una favola,
ma sei piccola,
e da piccola sogni ancor.

Tu sei piccola, troppo piccola,
devi ancor sognar!


Nós somos o sol e a chuva,
a primavera e o inverno,
a manha que nasce e o pôr do sol
de um dia que morre.

Uma menina és tu
e achas que és já mulher.
Não alongar mais
a tua cândida saia.

És apaixonada por mim
e os teus olhos me procuram,
mas és pequenina,
e como pequenina sonhas ainda.

A bela alma que ainda
não conhece mentira,
deixa que espere serena
o amor que virá.

Uma menina és tu
e menina permaneces.
Não pode estragar assim
um radioso amanha.

Hoje te iludes porque
tudo parece uma fabula,
mas és pequenina,
e como pequenina sonhas ainda.

Tu és pequenina, demais pequenina,
deves ainda sonhar!