Musica Italiana

Tutt' 'e ssere

( Canta: Fausto Cigliano )
( Autores: G. Pisano - G. Cioffi - 1955 )

Esta musica me foi enviada pelo meu querido amigo italiano Franco Cacciafesta

Original em dialeto napolitano Tradução

Comme putive dí "I' pe' te moro"
quanno sapive ca nun era overo!
Comm'hê pututo chiagnere d'ammore
si 'e llacreme nun erano sincere!
Nun t'è rimasto niente dint' 'o core,
niente, nemmeno nu ricordo 'e me!

Tutt' 'e ssere,
tu venive a 'appuntamento.
Mo ca nun ce viene cchiù,
mo ca nun ce viene cchiù,
i' t'aspetto puntualmente.

Tutt' 'e ssere,
quann' ê vvote 'a luna sponta,
i' cu 'a luna parlo 'e te,
i' cu 'a luna parlo 'e te,
ma inutilmente.

E tutt' 'e ssere,
quann' ê vvote 'a luna sponta.
i' cu 'a luna parlo 'e te,
i' cu 'a luna parlo 'e te,
ma inutilmente.

Ma inutilmente.....


Como podias dizer "Eu para ti morro"
quando sabias que não era verdade!
Come pudeste chorar de amor
se as lagrimas não eram sinceras!
Não te sobrou nada dentro do coração,
nada, nem uma lembrança de mim!

Todas as noites,
tu vinhas ao encontro.
Agora que não vens mais,
agora que não vens mais,
eu te espero pontualmente.

Todas as noites,
quando as vezes a lua aparece,
eu com a lua falo de ti,
eu com a lua falo de ti,
mas inutilmente.

E todas as noites,
quando as vezes a lua aparece,
eu com a lua falo de ti,
eu com a lua falo de ti,
mas inutilmente.

Mas inutilmente.....