Musica Italiana

Tu, solamente tu

( Canta: Vittorio de Sica )
( Autores: Frustaci - Galdieri - 1939 )

Original em italiano Tradução

Tu, solamente tu,
non ritorni più
per riposar sopra il mio cuor
che, sognando di te,
ti vorrebbe vicino,
sempre solo per se,
mentre, invece, il destino
più t'allontana ancor.

Tu, dove mai sei tu,
se non senti più
questa mia voce piena d'amor.
Tutti i sogni d'allora
ritornano ancora
per dirmi che tu,
solo tu,
non ritorni più.

È ritornata stamane
con braccia colme di fior,
tra uno stormir di campane,
quest'anno ancora la primavera.

Tu, solamente tu,
non ritorni più

per riposar sopra il mio cuor
che, sognando di te,
ti vorrebbe vicino,
sempre solo per se,
mentre, invece, il destino
più t'allontana ancor.

Tu, dove mai sei tu,
se non senti più
questa mia voce piena d'amor.
Tutti i sogni d,allora
ritornano ancora
per dirmi che tu,
solo tu,
non ritorni più!


Tu, somente tu,
não voltas mais
para descansar sobre o meu coração
que, sonhando contigo,
te queria por perto,
sempre somente por sim,
enquanto, ao contrário, o destino
mais te afasta ainda.

Tu, onde estás tu,
se não ouves mais
esta minha voz cheia de amor.
Todos os sonhos de então
retornam ainda
para dizer-me que tu,
somente tu,
não voltas mais.

Voltou esta manha
com os braços cheios de flores,
num carrilhão de sinos,
este ano ainda a primavera.

Tu, somente tu,
não voltas mais

para descansar sobre o meu coração
que, sonhando contigo,
te queria por perto,
sempre somente por sim,
enquanto, ao contrário, o destino
mais te afasta ainda.

Tu, onde estás tu,
se não ouves mais
esta minha voz cheia de amor.
Todos os sonhos de então
retornam ainda
para dizer-me que tu,
somente tu,
não voltas mais!