Musica Italiana

T'e' piaciuta

( Canta: Renato Carosone )
( Autores: Capillo - Rendine - 1956 )

Original em dialeto napolitano Tradução

Canta Napoli,
Napoli matrimoniale.
Eh eh!


Dopo i confetti,
só' asciute 'e difetti.
Caro Giovanni,
mo che ce vuó' fa?

Se riflettevi,
e se bene puntavi,
tutte sti guaje
nun stive a passá!

Mo chiagne e te dispiere
e haje voglia d'alluccá.
Ccá nun ce sta 'o divorzio
e tu te ll'hê 'a zucá.

T'è piaciuta? T'è piaciuta?
Tienatella cara cara!
T''a purtaste sull'altare,
sott''o braccio, 'nziem'a te.

Mo te vedo afflitto e stanco.
"Sù, coraggio...ué Giuvá'!
Se il mellone è uscito bianco,
e mo' cu chi t''a vuó' pigliá?!"

Il matrimonio è come il mellone.
Eh eh!
Puo' uscire bianco
e puo' uscire anche rosso.


Ma che sei matto?
Non dormi nel letto!
Dint''a pultrona
tu dormi, perché?

Dice che 'a notte
la sposa è più brutta.
Na capa 'e morte
te pare 'e vedé!

'A dote ch'ha purtato,
nemmeno cchiù ce sta.
Te ll'hê pigliata brutta
e niente sape fá!

T'è piaciuta? T'è piaciuta?
Tienatella cara cara!
T''a purtaste sull'altare,
sott''o braccio, 'nziem'a te.

Mo te vedo afflitto e stanco:
"Sù, coraggio...ué Giuvá'!
Se il mellone è uscito bianco,
e mo' cu chi t''a vuó' pigliá?!"

T'è piaciuta? T'è piaciuta?
Tienatella cara cara!
T''a purtaste sull'altare,
sott''o braccio, 'nziem'a te.

Mo te veco afflitto e stanco:
"Sù, coraggio...ué Giuvá'!
Se il mellone è uscito bianco,
e mo' cu chi t''a vuó' pigliá?!"

Se il mellone è uscito bianco,
e mo' cu chi t''a vuó' pigliá?!"


Canta Nápoles,
Nápoles matrimonial.
Eh eh!

Depois do casamento,
apareceram os defeitos.
Caro Giovanni,
agora o que pode fazer?

Se refletias,
e se pensavas bem,
todos esses problemas
não estarias enfrentando!

Agora choras e te desesperas
e tens vontade de gritar.
Aqui não temos o divorcio
e tu deves suportá-la.

Gostaste dela? Gostaste dela?
Agüenta ela com carinho!
A levou sobre o altar,
de braços dados.

Agora te vejo aflito e cansado.
"Vai, coragem...hei Giovanni!
Se o melão se saiu branco,
agora quem tu queres culpar?!"

O casamento é como o melão.
Eh eh!
Pode se sair branco
e pode se sair também vermelho.

Mas o que és maluco?
Não dormes na cama!
Na poltrona
tu dormes, porque?

Dizes que á noite
a esposa é mais feia.
Uma cabeça de morto
te parece de ver!

O dote que ela trousse,
também acabou.
A escolheste feia
e não podes fazer nada!

Gostaste dela? Gostaste dela?
Agüenta ela com carinho!
A levou sobre o altar,
de braços dados.

Agora te vejo aflito e cansado.
"Vai, coragem...hei Giovanni!
Se o melão se saiu branco,
agora quem tu queres culpar?!"

Gostaste dela? Gostaste dela?
Agüenta ela com carinho!
A levou sobre o altar,
de braços dados.

Agora te vejo aflito e cansado.
"Vai, coragem...hei Giovanni!
Se o melão se saiu branco,
agora quem tu queres culpar?!"

Se o melão se saiu branco,
agora quem tu queres culpar?!"