Musica Italiana

Tango Romano

( Canta: Ettore Petrolini )
( Autores: E. Petrolini - A. Burli - 1930 )


Ettore Petrolini (nascido a Roma em 13/01/1884, falecido a Roma em 29/06/1936) foi um ator e dramaturgo italiano especializado no gênero cômico. É considerado um dos maiores expoentes daquelas formas de espetáculo que foram consideradas por muito tempo como teatro menor, termo com o qual se identificava o teatro de revista. Ficou famoso o seu comportamento contra a ditadura em ocasião da condecoração que Mussolini quis conferir-lhe, quando Petrolini disse: "E io me ne fregio!" que significa "E eu me ornarei o peito!" mas que na realidade queria  lembrar o famosíssimo "E io me ne frego!" muito usado na Itália e que significa "Estou-me nas tintas!". A sua importância no panorama do teatro italiano é hoje plenamente reconhecida. Concluindo, o ator e autor Ettore Petrolini inventou um repertorio e uma maneira de atuar que influenciaram profundamente o teatro cômico italiano do 900.

Original em italiano Tradução

Tango romano, scherzo
o scemenzuola musicale
di Ettore Petrolini
con la complicità
del Maestro Angelo Burli.

Però il Maestro è un angelo
di nome e pur di fatto che
quando suona il piano
par che non burli affatto.
Eh! Eh!


La primavera,
che fa bene ar core,
dura un momento
e fugge de cariera.

Ma sì c'avessi
un friccico d'amore,
pè me sarebbe
sempre primavera.

Perchè l'amore,
sì è bello come te,
fa nasce anche d'inverno
le rose e le pansè.

Sì tu m'amassi,
fiore de gioventù,
sarebbe un sogno d'oro
che nun finisce più.

Sì tu m'amassi,
fiore de gioventù,
sarebbe un sogno d'oro
che nun finisce più.


Tango romano, brincadeira
ou tolice musical
de Ettore Petrolini
com a cumplicidade
do Maestro Angelo Burli.

Porem o Maestro é um anjo
de nome e também de fato que
quando toca o piano
parece que não brinque nunca.
Eh! Eh!


A primavera,
que faz bem ao coração,
dura um momento
e foge veloz.

Mas se eu tivesse
um pouquinho de amor,
pra mim seria
sempre primavera.

Porque o amor,
se é bonito como tu,
faz nascer também no inverno
as rosas e os amor-perfeitos.

Se tu me amasses,
flor de juventude,
seria um sonho dourado
que não acaba nunca.

Se tu me amasses,
flor de juventude,
seria um sonho dourado
que não acaba nunca.