Musica Italiana

Tace il labbro

( Canta: Claudio Villa )
( Autores: Franz Lehár - Victor Léon - Leo Stein - 1905 )
( Da Opereta em três atos "La Vedova Allegra" )
( Titulo Original "Die Lustige Witwe" )

A Embaixada de Pontevedro, em Paris, está com um grande problema. Seu Estado está arriscando a falência porque a maior contribuinte, Hanna Glawari, viúva de um rico banqueiro, está perdendo a cabeça (e o patrimônio) para um peralta de Paris. É preciso portanto que a viúva case com alguém de Pontevedro, talvez o fascinante Conde Danilo Danlowitsch, com quem ela teve no passado uma história de amor que terminou pela oposição do aristocrático pai dele. Quando os dois recomeçam a relação tudo parecia fluir bem, mas uma complicada história de traições leva a bela viúva a namorar um desinibido don-joão. Hanna confessa tudo ao Danilo, avisando-o porem que com o casamento ela perderá toda a sua riqueza. O Conde porem fica bem feliz de casar também assim, porque agora poderá demonstrar que seu interesse é somente afetivo e não econômico.

Original em italiano Tradução

Tace il labbro,
"L'amo", dice il violin,
le sue note dicon tutte
"M'hai da amar".

Della man la stretta
chiaro a me parlò:
"Sì, è ver, tu m'ami,
tu m'ami, è ver".

Della man la stretta
chiaro a me parlò:
"Sì, è ver, tu m'ami,
tu m'ami, è ver".


Fica calado o lábio,
"A amo", diz o violino,
as suas notas dizem todas
"Me deves amar".

Dá mão o aperto
claro a mim falou:
"Sim, é verdade, tu me amas,
tu me amas, é verdade".

Dá mão o aperto
claro a mim falou:
"Sim, é verdade, tu me amas,
tu me amas, é verdade".