Musica Italiana

Strada 'nfosa

( Canta: Domenico Modugno )
( Autor: Domenico Modugno - 1958 )

Original em dialeto napolitano Tradução

'Mmiez'a na strada 'nfosa
ce simmo ditte addio.
Sola, pe' n'ata via,
te veco partí.

'Mmiez'a na strada 'nfosa,
chiagnenno, mm'hê vasato,
e io, ca mme ne moro,
te lasso partí.

Pecchè,
tu vuò' restà, ma te ne vaje?
Pecchè,
te voglio bene e dico: Va'?

'Mmiez'a na strada 'nfosa,
sulo, comm'a na vota,
sulo, cu stu destino
ca mo vò' accussì.

Pecché,
tu vuò' restà, ma te ne vaje?
Pecchè,
te voglio bene e dico: Va'?

'Mmiez'a na strada 'nfosa,
sulo, comm'a na vota,
sulo, cu stu destino
ca mo vò' accussì.

Sulo, cu stu destino
ca mo vò' accussì!


No meio de uma estrada molhada
nos dissemos adeus.
Sozinha, por outro caminho,
te vejo partir.

No meio de uma estrada molhada,
chorando, me beijastes,
e eu, que me sinto morrer,
te deixo partir.

Porque,
tu queres ficar, mas vai embora?
Porque,
te quero bem e digo: Vai?

No meio de uma estrada molhada,
sozinho, como outrora,
sozinho, com este destino
que agora quer assim.

Porque,
tu queres ficar, mas vai embora?
Porque,
te quero bem e digo: Vai?

No meio de uma estrada molhada,
sozinho, como outrora,
sozinho, com este destino
que agora quer assim.

Sozinho, com este destino
que agora quer assim!