Musica Italiana

Silenzio Cantatore

( Canta: O Tenor Salvatore Polcaro )
( Autores: Bovio - Lama - 1922 )

Original em dialeto napolitano Tradução

Zitta,
stanotte nun dicere niente,
cádeme 'mbraccia, ma senza parlá.
Dòrmono 'e ccose nu suonno lucente,
nu suonno 'e na notte d'está.

Marí',
dint' 'o silenzio,
silenzio cantator,
nun te dico parole d'ammore,
ma t' 'e ddice stu mare pe' me!

Dimme, stanotte si' tutta d''a mia?
Ll'uocchie tuoje belle
mme diceno 'e sí.
No, cu 'sta luna, nisciuna bucía
sta vócca buciarda pò ddí!

Marí',
dint' 'o silenzio,
silenzio cantator,
nun te dico parole d'ammore,
ma t' 'e ddice stu mare pe' me!

Nun te dico parole d'ammore,
ma t' 'e ddice stu mare pe' me!

Zitta, Marí' !


Quieta,
esta noite não diga nada,
caia nos meus braços, mas sem falar.
Dormem as coisas um sono luzente,
um sono de uma noite de verão.

Maria,
neste silencio,
silencio cantador,
não lhe digo palavras de amor,
mas as diz a você este mar por mim!

Diga-me, esta noite você é toda minha?
Os olhos seus belos
me dizem que sim.
Não, com esta lua, nenhuma mentira
esta boca mentirosa pode dizer!

Maria,
neste silencio,
silencio cantador,
não lhe digo palavras de amor,
mas as diz a você este mar por mim!

Não lhe digo palavras de amor,
mas as diz a você este mar por mim!

Quieta, Maria !