Musica Italiana

Segretamente

( Canta: Sergio Bruni )
( Autores: Annona - A. Romeo - 1960 )

Original em dialeto napolitano Tradução

Aspetto ll'ore sane
senz'aspettá a nisciuno,
ma ê vvote, na guardata,
nu semplice saluto,
mme danno ancora 'a vita,
si passe tu.

Segretamente
te tengo dint''o core
e maje t''o ppòzzo dí.
Tutt''e mumente
ne caccio stu penziero
pe' nun t''o ffá capí.

Ma pure 'nzuonno,
perdutamente,
stu core chiamma a te.
Inutilmente
te voglio tantu bene
e tutto si' pe' me.

Ma pure 'nzuonno,
perdutamente,
stu core chiamma a te.
Inutilmente
te voglio tantu bene
e tutto si' pe' me.

Segretamente
te tengo dint''o core
e maje t''o ppòzzo dí!


Espero por horas inteiras
sem esperar ninguém,
mas as vezes, uma olhada,
um simples cumprimento,
me dão ainda a vida,
se passas tu.

Secretamente
te tenho dentro do coração
e nunca te o posso dizer.
Todos os momentos
afasto este pensamento
porque tu não entenda.

Mas também em sonho,
perdidamente,
este coração chama por ti.
Inutilmente
te quero tanto bem
e tudo és pra mim.

Mas também em sonho,
perdidamente,
este coração chama por ti.
Inutilmente
te quero tanto bem
e tudo és pra mim.

Secretamente
te tenho dentro do coração
e nunca te o posso dizer!