Musica Italiana

Quando una ragazza a New Orleans

( Canta: Paolo Bacilieri )
( Autores: L. Luttazzi - R. Tarabusi - G. Scarnicci - 1957 )

Original em italiano Tradução

A New Orleans
c'è una ventata di follia,
è come una malia
che ha preso tutti i negri di New Orleans.
Oh yes!

A New Orleans
girando va la polizia
che vuole cacciar via
i bravi suonatori di New Orleans.
Oh yes!

Ma tutta la città
è affascinata già
dal jazz.
Jazz!
Tara-Tarà-Tatà!

Quando una ragazza a New Orleans sente il cuore palpitar,
tu la devi far ballar questo ritmo pazzo di nome jazz.
Come un incantesimo t'affascina con il suo color,
ti fa ubriacar come un sorso di liquor,
tingendo di rosa il cuor.

Quando una ragazza dice 'no',
prendi il tuo sassofono,
canta in un megafono.
Non dimenticare,
ci vuole il jazz!

Lei si muoverà convulsamente
ritmando con le man
e quando infine tu la vorrai baciar
vedrai che dirà:
Oh yes!

E va sul Mississipi
la melodia della mia città.
Gli amanti tra i sospiri
dopo un bacio cantano:
Tari-ari-ari-ari-a.

Un piccolo negretto suona la tromba
e canta a New Orleans,
par che si chiami Louis Armsrtrong,
ma nessuno lo sa
che un giorno il papà del jazz diventerà.

Quando una ragazza dice 'no',
prendi il tuo sassofono,
canta in un megafono.
Non dimenticare,
ci vuole il jazz!

Lei si muoverà convulsamente,
ritmando con le man
e quando infine tu la vorrai baciar
vedrai che dirà: Oh yes!
Oh yes! Oh yes!

Oh yes! Tutto questo è jazz!


Em New Orleans
há uma rajada de loucura,
é como um feitiço
que pegou todos os negros de New Orleans.
Oh yes!

Por New Orleans
girando vai a policia
que quer expulsar
os bravos músicos de New Orleans.
Oh yes!

Mas toda a cidade
é fascinada já
pelo jazz.
Jazz!
Tara-Tarà-Tatà!

Quando uma garota em New Orleans sente o coração palpitar,
tu deves fazer ela dançar este ritmo louco de nome jazz.
Como um encantamento te fascina com a sua cor,
te faz embriagar como um gole de licor,
pintando de rosa o coração.

Quando uma garota diz 'não',
pega o teu saxofone,
canta num megafone.
Não esquecer,
é necessário o jazz!

Ela se mexerá de modo convulso
batendo o tempo com as mãos
e quando finalmente tu irás queres beija-a
verás que dirá:
Oh yes!

E vai ao longo do Mississipi
a melodia da minha cidade.
Os amantes entre os suspiros
depois de um beijo cantam:
Tari-ari-ari-ari-a.

Um garoto negro toca o trompete
e canta em New Orleans,
parece que se chame Louis Armsrtrong,
mas ninguém sabe
que um dia o pai do jazz se tornará.

Quando uma garota diz 'não',
pega o teu saxofone,
canta num megafone.
Não esquecer,
é necessário o jazz!

Ela se mexerá de modo convulso
batendo o tempo com as mãos
e quando finalmente tu irás queres beija-a
verás que dirá: Oh yes!
Oh yes! Oh yes!

Oh yes! Tudo isto é jazz!