Musica Italiana

Papaveri e Papere

( Canta: Nilla Pizzi )
( Autores: Panzeri - Mascheroni - Rastelli - 1952 )

Declaração do autor das letras Mario Panzeri no distante ano de 1952:
O texto da musica me foi sugerido pelo ar de importância de alguns homens políticos.
Creio que também com uma simples musiqueta se possa fazer sátira de costume.

Original em italiano Tradução

Su un campo di grano che dirvi non so
un dì Paperina col babbo passò
e vide degli alti papaveri al sole brillar.
Così s'incantò.

La papera al papero disse:
"Papà, pappare i papaveri come si fa?"
"Perchè vuoi papare i papaveri" disse papà.
E aggiunse poi beccando l'insalata:
"Che cosa ci vuoi far, così è la vita!"

Lo sai che i papaveri
son alti, alti, alti,
e tu sei piccolina, e tu sei piccolina.
Lo sai che i papaveri
son alti, alti, alti,
sei nata paperina, che cosa ci vuoi far?

Vicino a un ruscello che dirvi non so,
un giorno un papavero in acqua guardò
e vide una piccola papera bionda giocar.
E lì s'incantò.

Papavero disse alla mamma:
"Mammà, pigliare una papera come si fa?"
"Non puoi tu pigliare una papera" disse mammà.
"Se tu da lei ti lasci impaperare
il mondo intero non potrà più dire:

Lo sai che i papaveri
son alti, alti, alti,
e tu sei piccolina, e tu sei piccolina.
Lo sai che i papaveri
son alti, alti, alti,
sei nata paperina, che cosa ci vuoi far?"

Un giorno di maggio che dirvi non so
avvenne poi quello che ognuno pensò,
Papavero attese la papera al chiaro lunar
e poi la sposò.

Ma questa romanza ben poco durò
poi venne la falce che il grano tagliò
e un colpo di vento i papaveri in alto portò.
Così Papaverino se n'è andato
lasciando Paperina impaperata.

Lo sai che i papaveri
son alti, alti, alti,
e tu sei piccolina, e tu sei piccolina.
Lo sai che i papaveri
son alti, alti, alti,
sei nata paperina, che cosa ci vuoi far?

Lo sai che i papaveri
son alti, alti, alti,
e tu sei piccolina, e tu sei piccolina.
Lo sai che i papaveri
son alti, alti, alti,
sei nata paperina, che cosa ci vuoi far?

Che cosa ci vuoi far?


Num campo de trigo que dizer-vos não sei
um dia Patinha com o pai passou
e viu altas papoulas ao sol brilhar.
Assim se encantou.

A patinha ao pato disse:
"Papai, papar as papoulas como se faz?"
"Porque queres papar as papoulas" disse papai.
E acrescentou depois bicando a alface:
"O que tu podes fazer, assim é a vida!"

O sabes que as papoulas
são altas, altas, altas,
e tu és pequenina, e tu és pequenina.
O sabes que as papoulas
são altas, altas, altas,
nasceste patinha, o que tu podes fazer?

Perto de um riacho que dizer-vos não sei,
um dia uma papoula na água olhou
e viu uma pequena patinha loira brincar.
E aí se encantou.

Papoula disse à mãe:
"Mamãe, pegar uma patinha como se faz?"
"Tu não podes pegar uma patinha" disse mamãe.
"Se tu deixas ela te envolver
o mundo inteiro não poderá mais dizer:

O sabes que as papoulas
são altas, altas, altas,
e tu és pequenina, e tu és pequenina.
O sabes que as papoulas
são altas, altas, altas,
nasceste patinha, o que tu podes fazer?

Um dia de maio que dizer-vos não sei
aconteceu aquilo que cada um pensou,
Papoula esperou pela patinha ao luar
e depois com ela casou.

Mas  esta romança bem pouco durou
pois veio a foice que o trigo cortou
e um golpe de vento as papoulas no alto levou.
Assim Papoulinha se foi
deixando Patinha entristecida.

O sabes que as papoulas
são altas, altas, altas,
e tu és pequenina, e tu és pequenina.
O sabes que as papoulas
são altas, altas, altas,
nasceste patinha, o que tu podes fazer?

O sabes que as papoulas
são altas, altas, altas,
e tu és pequenina, e tu és pequenina.
O sabes que as papoulas
são altas, altas, altas,
nasceste patinha, o que tu podes fazer?

O que tu podes fazer?