Musica Italiana

Nuttata e sentimento

( Canta: Pina Cipriani )
( Autores: A. Cassese - G. Capolongo - 1908 )

Original em dialeto napolitano Tradução

Che notte, che notte!
Che luna, che mare!
Stasera mme pare
scetáto 'e sunnà!

Cu st'aria serena
ca scippa d'o core
suspire d'ammore,
durmí nun se pò!

Chiara è 'a luna, doce è 'o viento,
calmo è 'o mare, oje Carulì!
'Sta nuttata 'e sentimento
nun è fatta pe' durmì!

Luntano, luntano,
'o mare turchino
vulesse, a te 'nzino,
nu suonno sunná!

Nu suonno 'e ducezza,
nu suonno 'ncantato,
cu tico abbracciato,
sunnanno, murí!

Chiara è 'a luna, doce è 'o viento,
calmo è 'o mare, oje Carulì!
'Sta nuttata 'e sentimento
nun è fatta pe' durmì!

Cchiù bella, cchiù doce,
'sta notte sarría
si tu, vita mia,
venisse a vucá!

Na storia d'ammore
te conto, si viene,
si caro mme tiene,
rispunne ca sí!

Chiara è 'a luna, doce è 'o viento,
calmo è 'o mare, oje Carulì!
'Sta nuttata 'e sentimento
nun è fatta pe' durmì!

Pe' durmì!
Pe' durmì!
Pe' durmì!


Que noite, que noite!
Que lua, que mar!
Esta noite me parece
de estar acordado e sonhar!

Com este ar sereno
que arranca do coração
suspiros de amor,
dormir não se pode!

Clara é a lua, doce é o vento,
calmo é o mar, oh Carolina!
Esta noitada de sentimento
não é feita para dormir!

Distante, distante,
o mar azul
quisesse que, de estar ao teu lado,
no sono eu possa sonhar!

Um sono de doçura,
um sono encantado,
contigo abraçado,
sonhando, morrer!

Clara é a lua, doce é o vento,
calmo é o mar, oh Carolina!
Esta noitada de sentimento
não é feita para dormir!

Mais bonita, mais doce,
esta noite seria
se tu, vida minha,
viesses a vogar!

Uma história de amor
te conto, se vens,
se caro me tens,
respondes que "sim"!

Clara é a lua, doce é o vento,
calmo é o mar, oh Carolina!
Esta noitada de sentimento
não é feita para dormir!

Para dormir!
Para dormir!
Para dormir!