Musica Italiana

Non voglio innamorarmi mai

( Canta: Gianni Nazzaro )
( Autores: C. Bigazzi - M. Signorini - 1972 )

Original em italiano Tradução

Aveva la mia età,
dieci anni e poco più,
quel giorno la sposai per gioco.
La prima delusione
fu quando mi lasciò
per inseguire un'aquilone.

Poi venne un giorno che
non scorderò mai più,
mio padre andò per la sua strada.
L'amore e un'avventura,
non so, però fu dura
e ad una stella dissi "no".

Non voglio innamorarmi mai,
il cuore mio lo sa,
un vagabondo è l'amore,
tutto prende e niente dà.

Ma tu chi sei
ragazza mia,
è inutile che stai
in tutti i sogni miei.

Non voglio innamorarmi mai,
è triste ma è così,
un vagabondo è l'amore
che per caso adesso è qui.

Perché per far l'amore
si muore d'emozione,
la vita in fondo è una canzone.
E se il mio cuore batte
più forte accanto a te
non so spiegarmi che cos'è.

Non voglio innamorarmi, ma
io mi domando se
un sentimento quando sboccia
viene a dirlo proprio a me.

Ma tu chi sei
ragazza mia,
perché senza di te
scompare l'allegria.

Non voglio innamorarmi mai,
no, so che morirei,
un vagabondo è l'amore
e vive in fondo agli occhi tuoi.

Un vagabondo è l'amore
e vive in fondo agli occhi tuoi.


Havia a minha idade,
dez anos e pouco mais,
naquele dia casei com ela por brincadeira.
A primeira desilusão
foi quando me deixou
para perseguir uma pipa.

Depois veio o dia que
não esquecerei nunca mais,
meu pai seguiu o seu caminho.
O amor é uma aventura,
não sei, porem foi dura
e a uma estrela eu disse "não".

Não quero apaixonar-me nunca,
o meu coração o sabe,
um vagabundo é o amor,
tudo pega e nada dá.

Mas tu quem és
garota minha,
é inútil que estás
em todos os sonhos meus.

Não quero apaixonar-me nunca,
é triste mas é assim,
um vagabundo é o amor
que por acaso agora está aqui.

Porque para fazer amor
se morre de emoção,
a vida no fundo é uma canção.
E se o meu coração bate
mais forte perto de ti
não sei explicar-me o que é.

Não quero apaixonar-me, mas
eu me pergunto se
um sentimento quando desabrocha
vai dizê-lo próprio a mim.

Mas tu quem és
garota minha,
porque sem ti
desaparece a alegria.

Não quero apaixonar-me nunca,
não, sei que morreria,
um vagabundo é o amor
e vive no fundo dos olhos teus.

Um vagabundo é o amor
e vive no fundo dos olhos teus.