Musica Italiana

Non sò dir ti voglio bene

( Canta: Jula de Palma  )
( Autores: Garinei - Giovannini - G. Kramer - 1957 )

Original em italiano Tradução

Sò come Petrarca cantò Laura
e come Dante, Beatrice amò,
sò a memoria i versi più romantici
che un dì Leopardi a Silvia dedicò.

Scegliendo fior da fiore
in questa antologia,
potrei, per ore ed ore,
parlar d'amor con te, tesoro mio.

Ma proprio quando son vicino a te
sento un gran silenzio dentro me,
non sò nemmeno dir:
"Ti voglio bene".

Ma proprio quando sto per dire a te
quale dolce sogno sei per me,
non so nemmeno dir:
"Ti voglio bene".

Come un poeta dell'ottocento
io lo ripeto alla luna perchè
lei lo racconti soltanto al vento
e il vento possa trasportarlo fino a te.

Ma tutto questo è inutile perchè
proprio quando son vicino a te
non sò nemmeno dir:
"Ti voglio bene".

Come un poeta dell'ottocento
io lo racconto alla luna perchè
lei lo ripeta soltanto al vento
e il vento possa trasportarlo fino a te.

Ma tutto questo è inutile perchè
proprio quando son vicino a te
non sò nemmeno dir:
"Ti voglio bene".


Eu sei como Petrarca cantou Laura
e como Dante, Beatriz amou,
sei de cor os versos mais românticos
que um dia Leopardi a Silvia dedicou.

Escolhendo flor de flor
nesta antologia,
poderia, por horas e horas,
falar de amor contigo, tesouro meu.

Mas próprio quando estou perto de ti
sinto um grande silencio dentro de mim,
não sei nem dizer:
"Te quero bem".

Mas próprio quando estou para dizer a ti
qual doce sonho és para mim,
não sei nem dizer:
"Te quero bem".

Como um poeta do oitocentos
eu o repito para a lua porque
ela o conte somente ao vento
e o vento possa transporta-lo até ti.

Mas tudo isso é inútil porque
próprio quando estou perto de ti
não sei nem dizer:
"Te quero bem".

Como um poeta do oitocentos
eu o conto para a lua porque
ela o repita somente ao vento
e o vento possa transporta-lo até ti.

Mas tudo isso é inútil porque
próprio quando estou perto de ti
não sei nem dizer:
"Te quero bem".