Musica Italiana

Nina, se Voi dormite

( Canta: Lando Fiorini )
( Autores: R. Leonardi - A. Marino - 1901 )

Original em meio dialeto romanesco Tradução

In 'sta nuttata piena de dorcezze
pare che nun esisteno dolori.
Tira un ber venticello ch'è 'na carezza,
smove le fronne e fa' sboccià li fiori.

Nina, se voi dormite,
sognate ch'io vi bacio,
che v'addorcisco er sogno
cantando adagio, adagio.

L'olezzo delli fiori
che vi confonde,
o canto mio si perde
tra le fronne.

Nina, si co' 'sto canto io v'ho svejato,
vi prego di volermi perdonare.
L'amore nun si frena, o bimba amata,
perchè a fare l'amore nun è peccato.

Nina, se voi dormite,
sognate ch'io vi bacio,
che v'addorcisco er sogno
cantando adagio, adagio.

L'olezzo de li fiori
che vi confonde,
il canto mio si perde
tra le fronne.


Nesta noitada cheia de doçuras
 parece que não existem dores.
 Sopra uma bela brisa que é uma caricia,
 move as folhas e faz desabrochar as flores.
 
 Nina, se vós dormis,
 sonhai-vós que vos beijos,
 que vos adoço o sonho
 cantando devagar, devagar.
 
 O perfume das flores
 que vos confunde,
 o canto meu se perde
 entre as folhas.
 
 Nina, se com este canto eu vos acordei
 vos peço de perdoar-me.
 O amor não se freia, oh mulher amada,
 porque fazer amor não é pecado.
 
 Nina, se vós dormis,
 sonhai-vós que vos beijos,
 que vos adoço o sonho
 cantando devagar, devagar.
 
O perfume das flores
 que vos confunde,
 o canto meu se perde
 entre as folhas.