Musica Italiana

Mediterraneo

( Canta: Milva )
( Autores: L. Albertelli - Riccardi - 1972 )

Agradeço profundamente o meu querido amigo Dimi Lazarov por ter-me enviado esta bela musica

Original em italiano Tradução

Rossa è la rosa,
ma chi ti sposa
se bianca non sei più.

Sotto lo scialle il viso,
nessuno vede il mio sorriso.
Pungono i fichi d'India
come le spine sul mio cammino.
Ma quando prendo l'acqua alla fontana
io vedo te.

Innamorata,
innamorata
non ero stata mai.
Rossa è la rosa
ma chi ti sposa
se bianca non sei più

Sopra le spalle il santo,
senza uno sguardo mi passi accanto.
È amara la mia gente,
come il profumo dell'oleandro.
Ma quando torna indietro la processione
io vedo te.

Innamorata,
innamorata,
non ero stata mai.
Canto del mare,
grido d'amore
Mediterraneo.

Vivo per chi mi ama,
brilla l'ulivo come una lama.
Cuore tu batti forte
come una vela che s'allontana.
Ma quando brucia il sole della passione
io vedo te.

Innamorata,
innamorata,
non ero stata mai.
Canto del mare,
grido d'amore
Mediterraneo.

Innamorata,
innamorata,
non ero stata mai
Canto del mare,
grido d'amore
Mediterraneo.

Mediterraneo!


Vermelha é a rosa,
 mas quem vai casar contigo
 se branca não és mais?
 
 Sob o xale o rosto,
 ninguém vê o meu sorriso.
 Espetam os figos da Índia
 como os espinhos no meu caminho.
 Mas quando pego a água na fonte
 eu vejo ti.
 
 Apaixonada,
 apaixonada
 não havia sido nunca.
 Vermelha é a rosa,
 mas quem vai casar contigo
 se branca não és mais?
 
 Sobre os ombros o santo,
 sem um olhar passas ao meu lado.
 É amarga a minha gente,
 como o perfume do loendro.
 Mas quando volta a procissão
 eu vejo ti. 

 Apaixonada,
 apaixonada
 não havia sido nunca.
 Canto do mar,
 grito de amor
 Mediterrâneo.
 
 Vivo para quem me ama,
 brilha a oliveira como uma lâmina.
 Coração tu estás batendo forte
 como uma vela que se afasta.
 Mas quando queima o sol da paixão
 eu vejo ti. 
 
 Apaixonada,
 apaixonada
 não havia sido nunca.
 Canto do mar,
 grito de amor
 Mediterrâneo.
 
 Apaixonada,
 apaixonada
 não havia sido nunca.
 Canto do mar,
 grito de amor
 Mediterrâneo.
 
 Mediterrâneo!