Musica Italiana

Malinconico autunno

( Canta: Nilla Pizzi )
( Autores: V. De Crescenzo - F. Rendine - 1957 )

Original em italiano Tradução

Malinconico autunno,
staje facenno cadé
tutt''e ffronne d''o munno
sulamente pe' me.

Chi mm'ha lassato pe' nun turná,
chisá a che penza, chisá che fa.
Ammore mio, nun só' stat'io,
si' stato tu. Pecché, pecché?

Malinconico autunno,
staje chiagnenno cu me.
Tutt''e ffronne d''o munno
staje facenno cadé.

Erano verde,
erano verde 'e ffronne,
e mo só' comm''e suonne perdute,
e mo sóngo ricorde 'ngiallute.

Dint'a chest'aria 'e lacreme
'e stó' guardanno,
cu 'o viento se ne vanno
pe' nun turná maje cchiù.

Chi mm'ha lassato pe' nun turná,
chisá a che penza, chisá che fa.
Ammore mio, nun só' stat'io,
si' stato tu. Pecché, pecché?

Malinconico autunno,
a chest'ora addó' stá?
Malinconico autunno,
i' l'aspetto, stó 'cá.


Melancólico outono,
estás fazendo cair
todas as folhas do mundo
somente para mim.

Quem me deixou para não voltar,
quiçá em que pensa, quiçá o que faz.
Amor meu, não fui eu,
foste tu. Porque, porque?

Melancólico outono,
estás chorando comigo.
Todas as folhas do mundo
estás fazendo cair.

Eram verdes,
eram verdes as folhas,
e agora são como sonhos perdidos,
e agora são lembranças amareladas.

Neste ar de lagrimas
as estou olhando,
com o vento estão indo
para não voltar nunca mais.

Quem me deixou para não voltar,
quiçá em que pensa, quiçá o que faz.
Amor meu, não fui eu,
foste tu. Porque, porque?

Melancólico outono,
a esta hora onde está?
Melancólico outono,
eu o espero, estou cá.