Musica Italiana

Le campane di San Giusto

( Canta: Anna Identici )
( Autores: Drovetti - Arona - 1918 )

No dia 4/11/1918 termina a primeira guerra mundial que vê a volta à Itália das terras não resgatadas de Trento e Trieste, cidades sagradas à Pátria. Nestes versos o autor eterniza a italianidade, o amor e a dor do povo Triestino

Original em italiano Tradução

Per le strade, per le rive di Trieste,
suona e chiama di San Giusto la campana.
L'ora suona, l'ora suona non lontana,
che più schiava non sarà.

Le ragazze di Trieste
cantan tutte con ardore:
Oh Italia, oh Italia del mio cuore
Tu ci vieni a liberar.

Le ragazze di Trieste
cantan tutte con ardore:
Oh Italia, oh Italia del mio cuore
Tu ci vieni a liberar.

Avrà baci, fiori e rose la marina,
la campana perderà la nota mesta.
Su San Giusto sventolar vedremo a festa
il vessillo tricolor.

Le ragazze di Trieste
cantan tutte con ardore:
Oh Italia, oh Italia del mio cuore
Tu ci vieni a liberar!


Pelas ruas, pelos cais de Trieste,
toca e chama de San Giusto o sino.
A hora toca, a hora toca não distante,
que mais escrava não será.

As garotas de Trieste
cantam todas com ardor:
Oh Itália, oh Itália do meu coração
Tu nos vens a libertar.

As garotas de Trieste
cantam todas com ardor:
Oh Itália, oh Itália do meu coração
Tu nos vens a libertar.

Haverá beijos, flores e rosas à beira-mar,
o sino perderá a nota triste.
Sobre San Giusto flutuar veremos a festa
a bandeira tricolor.

As garotas de Trieste
cantam todas com ardor:
Oh Itália, oh Itália do meu coração
Tu nos vens a libertar!