Musica Italiana

La ragazza di Ipanema

( Canta: Bruno Martino )
( Autores: V. De Moraes - A. C. Jobim - N. Gimbel - 1963 )
( Titulo original: Garota de Ipanema )

É notório que quando uma musica é traduzida e gravada num idioma diferente do original a letra é sempre diferente. Por isso resolvi publicar tanto a versão italiana, quanto a original brasileira, assim será possível ver e ouvir as diferenças. Naturalmente antes de clicar no link da Simone é indispensável pausar o plug-in acima. De qualquer forma, a meu juízo a letra original brasileira é sem duvida muito mais bonita daquela italiana.

Versão italiana Tradução Versão original brasileira
Simone cantando ao vivo

Torneresti
sui tuoi passi,
ragazza di Ipanema che passi,
se ti voltassi
ad ogni singolo: Ah!

Ma tu segui per la strada
un lungo samba
che si snoda,
ovunque vada,
destando un coro di: Ah!

Oh! Se per me ti fermassi!
Oh! Se per me ti voltassi!
Se la mia voce ascoltassi!
Ma per te d'importante non c'è
nient'altro al di fuori di te.

Basterebbe
ti voltassi,
ragazza di Ipanema che passi,
ma non consideri mai
nient'altro che te.

Manca una strofa
in relazione
alla versione
di Simone a lato


Oh! Se per me ti fermassi!
Oh! Se per me ti voltassi!
Se la mia voce ascoltassi!
Ma per te d'importante non c'è
nient'altro al di fuori di te.

Basterebbe
ti voltassi,
ragazza di Ipanema che passi,
ma non consideri mai
nient'altro che te.

Altro che te!
Che te!


Voltaria
sobre as suas pegadas,
garota de Ipanema que passa,
se se virasse
a cada: Ah!

Mas você segue pela rua
um longo samba
que se desenrola,
onde você anda,
suscitando um coro de: Ah!

Oh! Se pra mim você parasse!
Oh! Se para mim você virasse!
Se a minha voz escutasse!
Mas pra você de importante não há
nada mais além de você.

Bastaria
se virasse,
garota de Ipanema que passa,
mas não considera nunca
nada mais além de você.

Falta uma estrofe
em relação
à versão
dá Simone ao lado


Oh! Se pra mim você parasse!
Oh! Se para mim você virasse!
Se a minha voz escutasse!
Mas para você de importante não há
nada mais além de você.

Bastaria
se virasse,
garota de Ipanema que passa,
mas não considera nunca
nada mais além de você.

Nada mais que você!
Que você!


Olha que coisa mais linda
mais cheia de graça,
é ela menina
que vem e que passa
num doce balanço, a caminho do mar.

Moça do corpo dourado
do sol de Ipanema,
o seu balançado
é mais que um poema,
é a coisa mais linda que eu já vi passar

Ah, porque estou tão sozinho!
Ah, porque tudo é tão triste!
Ah, a beleza que existe!
A beleza que não é só minha
que também passa sozinha.

Ah, se ela soubesse
que quando ela passa
o mundo inteirinho se enche de graça
e fica mais lindo
por causa do amor.

Moça do corpo dourado
do sol de Ipanema,
o seu balançado
é mais que um poema.

Ah, porque estou tão sozinho!
Ah, porque tudo é tão triste!
Ah, a beleza que existe!
A beleza que não é só minha
que também passa sozinha.

Ah, se ela soubesse
que quando ela passa
o mundo inteirinho se enche de graça
e fica mais lindo
por causa do amor.

Por causa do amor!
Por causa do amor!