Musica Italiana

La notte

( Canta: Adamo )
( Autor: Salvatore Adamo - 1965 )

Original em italiano Tradução

Se il giorno posso non pensarti
la notte maledico te
e quando infine spunta l'alba
c'è solo vuoto intorno a me.

La notte tu mi appari immensa,
invano tento di afferrarti
ma ti diverti a tormentarmi,
la notte tu mi fai impazzir.

La notte
mi fai impazzir.
Mi fai impazzir!

E la tua voce fende il buio,
dove cercarti non lo so.
Ti vedo e torna la speranza,
ti voglio tanto bene ancor.

Per un istante riappari,
mi chiami e mi tendi le mani.
Ma il mio sangue si fa ghiaccio
quando ridendo ti allontani.

La notte
mi fai impazzir.
Mi fai impazzir!

Il giorno splende in piena pace
e la tua immagine scompare.
Felice tu ritrovi l'altro,
quell'altro che mi fa impazzir.

La notte
mi fai impazzir.
Mi fai impazzir.
Mi fai impazzir!


Se de dia posso não pensar-te
de noite te amaldiçôo
e quando enfim amanhece
tem só um vazio em volta de mim.

De noite tu me apareces imensa,
em vão tento de agarrar-te
mas te divertes a atormentar-me,
de noite tu me fazes enlouquecer.

De noite
me fazes enlouquecer.
Me fazes enlouquecer!

E a tua voz corta a escuridão,
onde procurar-te não sei.
Te vejo e volta a esperança,
te quero tanto bem ainda.

Por um instante tu reapareces,
me chamas e me estendes as mãos.
Mas o meu sangue torna-se gelo
quando rindo te afastas.

De noite
me fazes enlouquecer.
Me fazes enlouquecer!

O dia resplende em plena paz
e a tua imagem desaparece.
Feliz tu reencontra o outro,
aquele outro que me faz enlouquecer.

De noite
me fazes enlouquecer.
Me fazes enlouquecer.
Me fazes enlouquecer!