Musica Italiana

La bisbetica domata

( Canta: Lilia Silvi )
( Autori: Nisa - C. A. Bixio - 1943 )
( Do filme homônimo de 1908 dirigido pelos irmãos Azeglio e Lamberto Pineschi )

Original em italiano Tradução

Io conobbi una ragazza
non so dove, tempo fa,
capricciosa e mezza pazza
ma assai bella in verità.

Finalmente s'è sposata.
Come fu, come non fu,
piano piano s'è calmata,
oggi non si riconosce più.

Capricciose e mezze pazze
quasi tutte sono un po',
queste scettiche ragazze
che ti sanno dire solo: 'No'.

Ci sarebbe qualche cosa per cambiarle? Si!
Una buona medicina per guarirle? Si!
Qualche mezzo convincente per calmarle? Si!
Un marito ed un bastone lì per lì. Si! Si!

E poi quando son sposate,
non le riconosci più,
le bisbetiche domate
son sposine piene di virtù.

Se una donna è un poco stolta,
anche l'uomo, su per giù,
capriccioso, qualche volta
fa le bizze e non ragiona più.

Non vuoi comprarmi una villetta in riva al mare? No!
Mi vuoi dare per favore mille lire? No!
Ho la nota della sarta da pagare! No!
Anche l'uomo sa rispondere di no! No! No!

Ma poi, quando s'è calmato,
non lo riconosci più,
il bisbetico domato
ti dà tutto quello che vuoi tu.


Eu conheci uma garota
não sei onde, um tempo atrás,
caprichosa e meio louca
mas muito bonita na verdade.

Finalmente casou-se.
Como foi, como não foi,
devagarzinho sossegou,
hoje não se reconhece mais.

Caprichosas e meio loucas
quase todas são um pouco,
estas cépticas garotas
que sabem dizer somente: 'Não'.

Haveria alguma coisa para mudar elas? Sim!
Um bom remédio para sarar elas? Sim!
Algum meio convincente para acalmar elas? Sim!
Um marido e um bastão na hora. Sim! Sim!

E depois quando são casadas,
não se reconhecem mais,
as lunáticas domadas
são esposinhas cheias de virtudes.

Se uma mulher e um pouco louca,
também o homem, mais ou menos,
caprichoso, algumas vezes
embirra e não raciocina mais.

Não queres comprar-me uma casa a beira mar? Não!
Queres dar-me por favor mil liras? Não!
Devo pagar a conta da costureira! Não!
Também o homem sabe responder não! Não! Não!

Mas depois, quando se acalmou,
tu não o reconhece mais,
o lunático domado
te dá tudo aquilo que tu queres.