Musica Italiana

Il valzer dell'allegria

( Canta: Claudio Villa )
( Autores: Vigevani - E. Frati - 1940 )

Esta musica me foi enviada pela minha querida amiga brasileira Carmela Caporrino

Original em italiano Tradução

Dice un proverbio:
"Nel mondo chi vive cantando
morrà sorridendo".
Anche il destino ch'è cieco
puoi fartelo amico
prendendolo in giuoco.

La vita é fatta di sogni,
disegni e di segni,
speranze e guadagni.
Perciò al domani
non devi pensar
se vuoi tranquillo campar.

Questo è il valzer che
tutti dobbiamo cantar
allegramente.
Per le strade del mondo
lo deve ascoltar
tutta la gente.

Se un dolore ti assale
tu devi restar
indifferente.
Per campare cent'anni
tu devi cantar
allegramente.

Quando un amor t'abbandona
non prenderti pena,
verrà la fortuna.
Se non raggiungi una meta
tu pensa alla vita
che non è perduta.

Il mondo è un grande molino
di fatti e parole,
di bene e di male.
Perciò al domani
non devi pensar
se vuoi tranquillo campar.

Questo è il valzer che
tutti dobbiamo cantar
allegramente.
Per le strade del mondo
lo deve ascoltar
tutta la gente.

Se un dolore ti assale
tu devi restar
indifferente.
Per campare cent'anni
tu devi cantar
allegramente.

Se un dolore ti assale
tu devi restar
indifferente.
Per campare cent'anni
tu devi cantar
allegramente.


Diz um provérbio:
"No mundo quem vive cantando
morrerá sorrindo".
Também o destino que é cego
pode tornar-se teu amigo
aceitando-o como um jogo.

A vida é feita de sonhos,
desenhos e sinais,
esperanças e ganhos.
Portanto no amanha
não deves pensar
se queres tranqüilo viver.

Esta é a valsa que
todos devemos cantar
alegremente.
Pelas estradas do mundo
a devem escutar
todas as pessoas.

Se una dor te agride
tu deves permanecer
indiferente.
Para viver cem anos
tu deves cantar
alegremente.

Quando um amor te abandona
não deves ficar em pena,
virá a fortuna.
Se não alcanças uma meta
tu pensas na vida
que não é perdida.

O mundo é um grande moinho
de fatos e palavras,
de bem e de mal.
Portanto no amanha
não deves pensar
se queres tranqüilo viver.

Esta é a valsa que
todos devemos cantar
alegremente.
Pelas estradas do mundo
a devem escutar
todas as pessoas.

Se una dor te agride
tu deves permanecer
indiferente.
Para viver cem anos
tu deves cantar
alegremente.

Se una dor te agride
tu deves permanecer
indiferente.
Para viver cem anos
tu deves cantar
alegremente.