Musica Italiana

Il Pullover

( Canta: Gianni Meccia )
( Autores: G. Meccia - F. Migliacci - 1961 )

Original em italiano Tradução

Il pullover che m'hai dato tu,
sai mia cara, possiede una virtù,
ha il calore che tu davi a me
e m'illudo di stare in braccio a te.

Il pullover accarezzo se
verso sera ho nostalgia di te,
ha il profumo che portavi tu,
chiudo gli occhi e non ti lascio più.

Sai mia cara, sono tanto solo
nell'inverno col suo gelo,
mi rimane quest'ultimo tuo dono,
un ultimo abbraccio d'amor, d'amor.

Il pullover che m'hai dato tu,
sai mia cara, possiede una virtù,
ha il calore che tu davi a me
e m'illudo di stare in braccio a te.

Sai mia cara, sono tanto solo
nell'inverno col suo gelo,
mi rimane quest'ultimo tuo dono,
un ultimo abbraccio d'amor, d'amor.

Il pullover che m'hai dato tu,
sai mia cara, possiede una virtù,
ha il calore che tu davi a me
e m'illudo di stare in braccio a te.

E m'illudo di stare in braccio a te!
E m'illudo di stare in braccio a te!
Il pullover che m'hai dato.....tu!


O pulôver que me deste tu,
sabes minha querida, possui uma virtude,
tem o calor que tu davas a mim
e me iludo de estar nos teus braços.

O pulôver acaricio se
quando é noite sinto saudade de ti,
tem o perfume que tu usavas,
fecho os olhos e não te deixo mais.

Sabes minha querida, sou tão sozinho
no inverno com o seu gelo,
me sobra este teu ultimo presente,
um ultimo abraço de amor, de amor.

O pulôver que me deste tu,
sabes minha querida, possui uma virtude,
tem o calor que tu davas a mim
e me iludo de estar nos teus braços.

Sabes minha querida, sou tão sozinho
no inverno com o seu gelo,
me sobra este teu ultimo presente,
um ultimo abraço de amor, de amor.

O pulôver que me deste tu,
sabes minha querida, possui uma virtude,
tem o calor que tu davas a mim
e me iludo de estar nos teus braços.

E me iludo de estar nos teus braços!
E me iludo de estar nos teus braços!
O pulôver que me deste.....tu!