Musica Italiana

Il Bosco innamorato

( Canta: Tonina Torrielli )
( Autores: G. Kramer - Testoni - 1956 )

Original em italiano Tradução

Camminando provo un senso di sgomento,
forse al nostro appuntamento non verrà.
Troppo tempo già
da quel dì passò!

Il bosco è innamorato,
primavera torna ancor,
negli alberi sul prato
è una sola canzon d'amor.

Il vento parla ai pini
e ci fa baciar dal sol
e cantano vicini
gli usignoli nel lieto amor.

Ma invano allor cerchiamo:
"Oh! Oh! Oh!"
Aspetterò chi non verrà!
Soltanto l'eco risponderà!

Il bosco è innamorato,
primavera torna ancor,
da me non è tornato,
il mio primo, il mio solo amor.

Ma alla fine al dolce richiamo:
"Oh! Oh! Oh!"
Chi mi gridò: "Son qui da te"?
È ritornato! Vuol bene a me!

Nel bosco innamorato
sei tornato amore tu.
Ti tengo qui abbracciato,
non mi devi lasciar mai più.

Amor, non mi lasciar mai più!


Caminhando sinto uma espécie de medo,
talvez ao nosso encontro não virá.
Demais tempo já
desde aquele dia passou!

O bosque está apaixonado,
primavera volta ainda,
nas arvores do prado
há só uma canção de amor.

O vento fala aos pinheiros
e nos faz beijar pelo sol
e cantam pertinho
os rouxinóis pelo feliz amor.

Mas em vão então chamamos:
"Oh! Oh! Oh!"
Esperarei quem não virá!
Somente o eco responderá!

O bosque está apaixonado,
primavera volta ainda,
para mim não voltou,
o meu primeiro, o meu único amor.

Mas finalmente ao doce chamado:
"Oh! Oh! Oh!"
Quem me gritou: "Estou aqui por ti"?
Voltou! Me quer bem!

No bosque apaixonado
voltaste amor.
Te seguro aqui abraçado,
não deves deixar-me nunca mais.

Amor, não deixar-me nunca mais!