Musica Italiana

Frida

( Canta: Fred Bongusto )
( Autor:  Fred Bongusto - 1962 )

Agradeço profundamente o meu querido amigo Giovanni por ter-me enviado esta bela musica

Original em dialeto napolitano Tradução

'O viento ca' ttira 'stanotte
me porta na voce,
na voce che dice: nun pozzo,
nun pozzo durmi'.
Sarrà n'ammore perduto, ohinè,
io te posso capi'.

Frida, t'aggio voluto bbene,
ma doppo tanto bbene
te si scurdate e me.
Frida, bastava na parola
dinta 'sta vocca toia
pe mme fa' cunsulà.

Chiagnarraie pe' mme
lacrime amare.
Pagarraie accussì
o male ca mme faie,
tutt'e pene ca ma daie,
tutt'e pene ca ma daie.

Frida t'aggio voluto bbene
ma doppo tanto bbene
te si scurdate e me.

Chiagnarraie pe' mme
lacrime amare.
Pagarraie accussi
o male ca mme faie,
tutt'e pene ca ma daie,
tutt'e pene ca ma daie.

Frida, t'aggio voluto bbene,
ma doppo tanto bbene
te si scurdate e me.
Te si scurdata e me!

Frida!


O vento que sopra esta noite
 me traz uma voz,
 uma voz que diz: não posso,
 não posso dormir.
 Será um amor perdido, pobrezinho,
 eu te posso compreender.
 
 Frida, te quis bem,
 mas depois de tanto bem
 esqueceste de mim.
 Frida, bastava uma palavra
 desta boca tua
 para fazer-me consolar.
 
 Chorarás por mim
 lágrimas amargas.
 Pagarás assim
 o mal que me fazes,
 todas as penas que me dás,
 todas as penas que me dás.
 
 Frida, te quis bem,
 mas depois de tanto bem
 esqueceste de mim.
 
 Chorarás por mim
 lágrimas amargas.
 Pagarás assim
 o mal que me fazes,
 todas as penas que me dás,
 todas as penas que me dás.
 
 Frida, te quis bem,
 mas depois de tanto bem
 esqueceste de mim.
 Esqueceste de mim.!
 
 Frida!