Musica Italiana

Figli di nessuno

( Canta: Coro )
( Autor: Anonimo - 1941 )
( Canto da Resistencia )

Original em italiano Tradução

Noi siam nati chissà quando, chissà dove,
allevati dalla pubblica carità,
senza padre, senza madre, senza un nome,
noi viviamo come uccelli in libertà.

Figli di nessuno,
per i monti noi andiam,
ci disprezza ognuno
perchè laceri noi siam.

Ma se troviam qualcuno
che ci sappia dominar e comandar,
figli di nessuno,
anche a digiuno saprem sparar.


Nós nascemos quiçá quando, quiçá onde,
criados pela publica caridade,
sem pai, sem mãe, sem um nome,
nós vivemos como pássaros em liberdade.

Filhos de ninguém,
pelas montanhas nós andamos,
nos despreza cada um
porque maltrapilhos nós somos.

Mas se encontramos alguém
que saiba nos dominar e comandar,
filhos de ninguém,
também em jejum saberemos atirar.