Musica Italiana

Fenesta ca lucive

( Canta: Roberto Murolo )
( Autores: G. Genoino - A. Longo - M. Paolella - 1842 )

Original em dialeto napolitano Tradução

Fenesta ca lucive e mo nun luce,
sign'è ca Nénna mia stace malata.
S'affaccia la surella e mme lu dice:
"Nennélla toja è morta e s'è atterrata".

Chiagneva sempe ca durmeva sola,
mo dorme co' li muorte accompagnata.
Mo dorme co' li muorte accompagnata!

Addio fenesta, rèstate 'nzerrata,
ca Nénna mia mo nun se pò affacciare.
Io cchiù nun passarraggio da' 'sta strata,
vaco a lo camposanto a passíare.

Zi' parrocchiano mio, tiene 'nce cura,
na lampa sempe tienece allummata.
Na lampa sempe tienece allummata!


Janelaque era iluminada e agora não brilha,
sinal que Nenna minha está doente.
Debruça-se a irmã e me diz:
"Nennella tua é morta e sepultada".

Chorava sempre quando dormia sozinha,
agora dorme em companhia dos mortos.
Agora dorme em companhia dos mortos!

Adeus janela, permaneça fechada,
pois Nenna minha agora não pode debruçar-se.
Eu não passo mais por esta estrada,
vou ao cemitério a passear.

Encarregado meu, cuide dela,
mantenha sempre uma lâmpada iluminada.
Mantenha sempre uma lâmpada iluminada!