Musica Italiana

E lucevan le stelle

( Canta: O Tenor Luciano Pavarotti )
( Da Opera "Tosca" de Giacomo Puccini - 1900 )
( Libretto: Giuseppe Giacosa - Luigi Illica )

A ação se desenvolve em Roma no ano de 1800. O pintor Mario Cavaradossi está trabalhando a um quadro de Maria Madalena na Igreja de Santa Maria degli Angeli, quando aparece, muito ofegante, o seu amigo Cesare Ancellotti (já cônsul da Republica Romana) que hávia fugido dá prisão de Castel Sant'Angelo onde havia sido aprisionado pelo chefe da policia Vitellio Scarpia. Mario, de sentimentos liberais, lhe oferece refugio na própria casa e informa a sua amante, a famosa cantora Tosca. Mas Scarpia, há muito tempo atraído pela beleza de Tosca, está já nos rastros do fugitivo e, descoberto tudo, manda prender Mario fazendo-o condenar ao fuzilamento. Pouco antes de morrer Mario, na sua cela de Castel Sant'Angelo, escreve estes profundos e intensos versos de amor pela sua amada Tosca.

Original em italiano Tradução

E lucevan le stelle
ed olezzava la terra.
Stridea l'uscio dell'orto
e un passo sfiorava la rena.
Entrava ella fragrante
mi cadea fra le braccia.

Oh dolci baci, o languide carezze,
mentr'io fremente
le belle forme
disciogliea dai veli.
Svani per sempre
il sogno mio d'amore.

L'ora é fuggita
e muoio disperato,
e muoio disperato.
E non ho amato
mai tanto la vita.
Tanto la vita!


E reluziam as estrelas
e perfumava a terra.
Rangia a porta da horta
e um passo roçava a areia.
Entrava ela fragrante
me caia entre os braços.

Oh doces beijos, oh lânguidas caricias,
enquanto eu fremente
as bela formas
livrava dos véus.
Desapareceu para sempre
o sonho meu de amor.

A hora fugiu
e morro desesperado,
e morro desesperado.
E não amei
nunca tanto a vida.
Tanto a vida!