Musica Italiana

Dove credi di andare

( Canta: Sergio Endrigo )
( Autor: Sergio Endrigo - 1967 )

Original em italiano Tradução

Dove credi di andare
se tutti i tuoi pensieri
restano qui.
Come pensi di amare
se ormai non trovi amore
dentro di te.

Con tante navi che partono,
nessuna ti porterà
lontano da te.
Il mondo, sai, non ti aiuterà,
ognuno al mondo è solo,
come te e me.

Dove credi di andare
se il tempo che è passato
non passerà mai.
Povere le tue notti
se tu le spenderai
per dimenticare!

Il mondo non è più grande di questa città,
la gente si annoia ogni sera,
come da noi.
Dove credi di andare
se ormai non c’è più amore
dentro di te.

Con tante navi che partono,
nessuna ti porterà
lontano da te.
Il mondo, sai, non ti aiuterà,
ognuno al mondo è solo,
come te e me.

Dove credi di andare
se il tempo che è passato
non passerà mai.
Povere le tue notti
se tu le spenderai
per dimenticare!

Il mondo non è più grande di questa città,
la gente si annoia ogni sera,
come da noi.
Dove credi di andare
se ormai non c’è più amore
dentro di te!


Onde pensas de ir
se todos os teus pensamentos
permanecem aqui.
Como pensas de amar
se já não encontras amor
dentro de ti.

Com tantos navios que partem,
nenhum te levará
longe de ti.
O mundo, sabes, não te ajudará,
cada um no mundo está sozinho,
como ti e eu.

Onde pensas de ir
se o tempo que passou
não passará nunca.
Pobres das tuas noites
se tu as gastarás
para esquecer!

O mundo não é maior desta cidade,
as pessoas ficam entediadas cada noite,
como aqui.
Onde pensas de ir
se já não há mais amor
dentro de ti.

Com tantos navios que partem,
nenhum te levará
longe de ti.
O mundo, sabes, não te ajudará,
cada um no mundo está sozinho,
como ti e eu.

Onde pensas de ir
se o tempo que passou
não passará nunca.
Pobres das tuas noites
se tu as gastarás
para esquecer!

O mundo não é maior desta cidade,
as pessoas ficam entediadas cada noite,
como aqui.
Onde pensas de ir
se já não há mais amor
dentro de ti.