Musica Italiana

Core 'ngrato

( Canta: Roberto Murolo )
( Autores: Cardillo - Cordiferro - 1911 )
( Conhecida também como: Catarì )

Original em dialeto napolitano Tradução

Catarí, Catarí,
pecché mm' 'e ddice sti pparole amare?
Pecché mme parle e 'o core mme turmiente, Catarí?
Nun te scurdá ca t'aggio dato 'o core, Catarí.
Nun te scurdá.

Catarí, Catarí,
che vène a dicere
stu pparlá ca mme dá spáseme?
Tu nun ce pienze a stu dulore mio?
Tu nun ce pienze, tu nun te ne cure.

Core,
core 'ngrato!
T'hê pigliato 'a vita mia!
Tutto è passato
e nun ce pienze cchiù.

Catarí, Catarí,
tu nun 'o ssaje ca fino e 'int'a na chiesa
io só trasuto e aggiu pregato a Dio, Catarí.
E ll'aggio ditto pure a 'o cunfessore:
"Io stó a suffrí pe' chella llá."

"Stó a suffrí, stó a suffrí nun se pò credere,
stó a suffrí tutte li strazie."
E 'o cunfessore, ch'è perzona santa,
mm'ha ditto: "Figliu mio lássala stá,
lássala stá!"

Tutto è passato
e nun ce pienze cchiù!


Catarina, Catarina,
porque me dizes estas palavras amargas?
Porque me falas e o coração me atormentas, Catarina?
Não te esqueças que te dei o coração, Catarina
Não te esqueças.

Catarina, Catarina,
o que significa
este falar que me dá espasmos?
Tu não pensas a esta dor minha?
Tu não pensa, tu não te preocupas.

Coração,
coração ingrato!
Tu pegaste a vida minha!
Tudo passou
e não mais pensas nisso.

Catarina, Catarina,
tu não sabes que até dentro de uma igreja
eu entrei e orei a Deus, Catarina.
E o disse também ao confessor:
"Estou sofrendo por aquela lá."

"Estou sofrendo, estou sofrendo não se pode crer,
estou sofrendo todas as penas."
E o confessor, que é pessoa santa,
me disse: "Filho meu deixa-a ir,
deixa-a ir!"

Tudo passou
e não mais pensas nisso.