Musica Italiana

Com'è bella la città

( Canta: Giorgio Gaber )
( Autor: Giorgio Gaber - 1969 )

Original em italiano Tradução

Vieni, vieni in città,
che stai a fare in campagna?
Se tu vuoi farti una vita
devi venire in città.

Com'è bella la città,
com'è grande la città,
com'è viva la città,
com'è allegra la città.

Piena di strade e di negozi
e di vetrine piene di luce,
con tanta gente che lavora
con tanta gente che produce.

Con le réclames sempre più grandi,
coi magazzini, le scale mobili,
coi grattacieli sempre più alti
e tante macchine, sempre di più.

Com'è bella la città,
com'è grande la città,
com'è viva la città,
com'è allegra la città.

Vieni, vieni in città,
che stai a fare in campagna?
Se tu vuoi farti una vita
devi venire in città.

Com'è bella la città,
com'è grande la città,
com'è viva la città,
com'è allegra la città.

Piena di strade e di negozi
e di vetrine piene di luce,
con tanta gente che lavora
con tanta gente che produce.

Con le réclames sempre più grandi,
coi magazzini, le scale mobili,
coi grattacieli sempre più alti
e tante macchine, sempre di più.

Com'è bella la città,
com'è grande la città,
com'è viva la città,
com'è..............

Vieni, vieni in città,
che stai a fare in campagna?
Se tu vuoi farti una vita
devi venire in città.

Com'è bella la città,
com'è grande la città,
com'è viva la città,
com'è allegra la città.

Piena di strade e di negozi
e di vetrine piene di luce,
con tanta gente che lavora,
con tanta gente che produce.

Con le réclames sempre più grandi,
coi magazzini, le scale mobili,
coi grattacieli sempre più alti
e tante macchine, sempre di più.

Com'è bella la città,
com'è grande la città,
com'è viva la città,
com'è allegra la città.

Com'è bella la città,
com'è grande la città,
com'è viva la città,
com'è allegra la città.

Piena di strade e di negozi
e di vetrine piene di luce,
con tanta gente che lavora,
con tanta gente che produce.

Con le réclames sempre più grandi,
coi magazzini, le scale mobili,
coi grattacieli sempre più alti
e tante macchine, sempre di più.

Sempre di più!
Sempre di più!
Sempre di più!


Vem, vem para a cidade,
o que estás fazendo no campo?
Se tu queres uma boa vida
deves vir para a cidade.

Como é bonita a cidade,
como é grande a cidade,
como é viva a cidade,
como é alegre a cidade.

Cheia de ruas e de lojas
e de vitrines cheias de luz,
com tanta gente que trabalha
com tanta gente que produz.

Com as publicidades sempre maiores,
com os shoppings, as escadas rolantes,
com os aranha-céus sempre mais altos
e muitos carros, sempre mais.

Como é bonita a cidade,
como é grande a cidade,
como é viva a cidade,
como é alegre a cidade.

Vem, vem para a cidade,
o que estás fazendo no campo?
Se tu queres uma boa vida
deves vir para a cidade.

Como é bonita a cidade,
como é grande a cidade,
como é viva a cidade,
como é alegre a cidade.

Cheia de ruas e de lojas
e de vitrines cheias de luz,
com tanta gente que trabalha
com tanta gente que produz.

Com as publicidades sempre maiores,
com os shoppings, as escadas rolantes,
com os aranha-céus sempre mais altos
e muitos carros, sempre mais.

Como é bonita a cidade,
como é grande a cidade,
como é viva a cidade,
como é..............

Vem, vem para a cidade,
o que estás fazendo no campo?
Se tu queres uma boa vida
deves vir para a cidade.

Como é bonita a cidade,
como é grande a cidade,
como é viva a cidade,
como é alegre a cidade.

Cheia de ruas e de lojas
e de vitrines cheias de luz,
com tanta gente que trabalha
com tanta gente que produz.

Com as publicidades sempre maiores,
com os shoppings, as escadas rolantes,
com os aranha-céus sempre mais altos
e muitos carros, sempre mais.

Como é bonita a cidade,
como é grande a cidade,
como é viva a cidade,
como é alegre a cidade.

Como é bonita a cidade,
como é grande a cidade,
como é viva a cidade,
como é alegre a cidade.

Cheia de ruas e de lojas
e de vitrines cheias de luz,
com tanta gente que trabalha
com tanta gente que produz.

Com as publicidades sempre maiores,
com os shoppings, as escadas rolantes,
com os aranha-céus sempre mais altos
e muitos carros, sempre mais.

Sempre mais!
Sempre mais!
Sempre mais!