Musica Italiana

Chiove

( Canta: Massimo Ranieri )
( Autores: L. Bovio - E. Nardella - 1923 )
( Conhecida também como: Tu si' 'a Canaria )

Original em dialeto napolitano Tradução

Tu staje malata e cante,
tu staje murenno e cante.
Só' nove juorne, nove,
ca chiove, chiove, chiove.

E se fa fredda ll'aria,
e se fa scuro 'o cielo,
e tu, dint'a stu ggelo,
tu sola, cante e muore.

Chi si'?
Tu si' 'a Canaria.
Chi si'?
Tu si' ll'Ammore.

Tu si' ll'Ammore,
ca pure quanno more,
canta 'e canzone nove.
Giesù, ma comme chiove!

Tu, comm'a na Madonna,
cante na ninna-nonna
pe' n'angiulillo 'ncroce
ca vò' sentí 'sta voce.

'Sta voce sulitaria
ca dint''a notte canta.
E tu, comm'a na Santa,
tu sola, cante e muore.

Chi si'?
Tu si' 'a Canaria.
chi si'?
Tu si' ll'Ammore.

Tu si' ll'Ammore,
ca, pure quanno more,
canta 'e canzone nove.
Giesù, ma comme chiove!


Tu estás doente e cantas,
tu estás morrendo e cantas.
Há nove dias, nove,
que chove, chove, chove.

E torna-se frio o ar,
e torna-se escuro o céu,
e tu, com este gelo,
tu sozinha, cantas e morres.

Quem és?
Tu és a Canária.
Quem és?
Tu és o Amor.

Tu és o Amor,
que também quando morre,
canta as canções novas.
Jesus, mas como chove!

Tu, como uma Nossa Senhora,
cantas uma nana-nana
para um anjozinho em cruz
que quer ouvir esta voz.

Esta voz solitária
que na noite canta.
E tu, como uma Santa,
tu sozinha, cantas e morres.

Quem és?
Tu és a Canária.
Quem és?
Tu és o Amor.

Tu és o Amor,
que também quando morre,
canta as canções novas.
Jesus, mas como chove!