Musica Italiana

Che male fa la gelosia

( Canta: Nada )
( Autores: C. Mattone - F. Migliacci - 1969 )

Original em italiano Tradução

Gelosia, ah ah,
gelosia, ah ah,
è l'amore che non ti sorride più, ah ah.
Lo credevo un sentimento
ed è una malattia,
guarirò, ah ah,
guarirò, ah ah.

Gelosia, ah ah,
gelosia, ah ah,
è una lacrima che brucia
e scende giù, ah ah.
È un fiammifero che accendi
dentro il cuore mio
quando vai, ah ah, via da me.

Io sono come un bambino
che non sa parlare
né farsi capire,
ma che ha bisogno d'amore,
e tu te ne vai,
e tu te ne vai.
Che male fa la gelosia!

Non vivo più.
Mi prendi tra le braccia e poi
mi butti via,
ma t'amo e sempre t'amerò.
Che importa se
mi tratti come
quelle che conosci tu, ah ah.

Anche tu, ah ah,
anche tu, ah ah,
appartieni al mondo intero
e non a me, ah ah.
M'ero illusa che tu fossi mio
per sempre, ma
non lo sei, ah ah, non lo sei.

Per ogni fiore del mondo,
istante del tempo,
sospiro del vento,
ti giuro amore dovrei
guarire per te,
guarire per te.
Che male fa la gelosia!

Non vivo più.
Mi tratti come
quelle che conosci tu.

Gelosia, ah ah,
gelosia, ah ah,
è l'amore che non ti sorride più, ah ah.
Lo credevo un sentimento
ed è una malattia,
guarirò, ah ah,
guarirò, ah ah.

Gelosia, ah ah,
gelosia, ah ah,
è una lacrima che brucia
e scende giù, ah ah.
È un fiammifero che accendi
dentro il cuore mio.....


Ciúme, ah ah,
ciúme, ah ah,
é o amor que não te sorri mais, ah ah.
Acreditava que era um sentimento
e é uma doença,
melhorarei, ah ah,
melhorarei, ah ah.

Ciúme, ah ah,
ciúme, ah ah,
é uma lagrima que queima
e desce, ah ah.
É um fósforo que acendes
dentro do coração meu
quando vai, ah ah, longe de mim.

Eu sou como um menino
que não sabe falar
nem fazer-se entender,
mas que precisa de amor,
e tu vai embora,
e tu vai embora.
Que mal faz o ciúme!

Não vivo mais.
Me pegas nos teus braços e depois
me jogas fora,
mas te amo e sempre te amarei.
O que importa se
me tratas como
aquelas que conheces tu, ah ah.

Também tu, ah ah,
também tu, ah ah,
pertences ao mundo inteiro
e não a mim, ah ah.
Me iludi que tu fosse meu
para sempre, mas
não és, ah ah, não és.

Para cada flor do mundo,
instante do tempo,
suspiro do vento,
te juro amor deveria
melhorar para ti,
melhorar para ti.
Que mal faz o ciúme!

Não vivo mais.
me tratas como
aquelas que conheces tu.

Ciúme, ah ah,
ciúme, ah ah,
é o amor que não te sorri mais, ah ah.
Acreditava que era um sentimento
e é uma doença,
melhorarei, ah ah,
melhorarei, ah ah.

Ciúme, ah ah,
ciúme, ah ah,
é uma lagrima que queima
e desce, ah ah.
É um fósforo que acendes
dentro do coração meu.....