Musica Italiana

Campane

( Canta: Luciano Tajoli )
( Autores: B. Cherubini - E. Di Lazzaro - 1932 )

Original em italiano Tradução

Muore lontano il sole sui campi in fiore,
e lo saluta il canto del mietitore
che ritorna al casolare,
dove brilla un focolare,
ed una testina bianca la sua fronte bacerà,
mentre nell'aria un vespro risuonerà.

Campane, che suonate ogni sera,
campane, come dolce preghiera
quel suono par che dica alle genti:
"Non invidiate le alcove dorate della città!"
Campane, ripetete a costoro
che la terra dei campi vale più d'un tesoro.

Cantano i bimbi e suona la Cattedrale,
in ogni casa è un albero di Natale.
Ma c'è un nido triste ancora
dove un bimbo piange e implora,
ha la mamma sua morente e in America è il papà.
Sente quel suono e invoca con ansietà:

Campane, non suonate stasera,
campane, c'è la mamma che spera,
e dorme, sogna il babbo lontano,
no, non suonate perchè la destate, lo cercherà.
Campane, è felice ogni cuore,
voglio solo una mamma che è più bella di un fiore.

Un piccino che piange e una mamma che muore!


Morre distante o sol nos campos floridos,
e o saúda o canto do ceifeiro
que retorna a casa,
onde brilha uma lareira,
e uma cabeça branca a sua testa beijará,
enquanto no ar as vésperas ressoarão.

Sinos, que tocais todas as noitinhas,
sinos, como doce oração
aquele som parece que diga a todas as pessoas:
"Não invejeis as alcovas douradas da cidade!"
Sinos, repeti para todos
que a terra dos campos vale mais de um tesouro.

Cantam as crianças e toca a Catedral,
em cada casa há uma arvore de Natal.
Mas ha um lar triste agora
onde um menino chora e implora,
a sua mãe está morrendo e seu pai está na America.
Ouve aquele som e invoca com ansiedade:

Sinos, não toqueis esta noite,
sinos, a minha mãe espera,
e dorme, sonha com o papai distante,
não, não toqueis porque se acordar procurará por ele.
Sinos, é feliz cada coração,
quero somente uma mãe que é mais linda de uma flor.

Um pequenino que chora e uma mãe que morre!