Musica Italiana

Bongo Bongo Bongo

( Canta: Renzo Arbore )
( Autores: B. Hilliard - C. Sigman - Devilli - 1949 )
( Conhecida também como: Civilization )

Versão italiana Tradução

Un giorno un grande esplorator
là nell'equator,
intorno radunate le tribù
ai negri disse così:
Soli, soli, che ci fate qua,
molto meglio è la città.
Seguitemi, su!
Ma il vecchio negro disse allor:

Oh! Bongo Bongo Bongo
stare bene solo al Congo
non mi muovo, no no.
Bingo Bango Bengo
molte scuse ma non vengo
io rimango qui.
No bono scarpe strette,
saponette, treni e tassì,
ma con questa sveglia al collo
star bene qui.

Ma sempre il grande esplorator
ad ognun parlò
dei quadri futuristi, dello swing,
la nostra moda spiegò:
Soli, soli, che ci fate qui,
io vi porterò a Paris.
Seguitemi, su!
Ma il vecchio negro disse ancor:

Oh! Bongo Bongo Bongo
stare bene solo al Congo
non mi muovo, no no.
Bingo Bango Bengo
molte scuse ma non vengo
io rimango qui.
No bono radio e cine,
signorine magre così,
molto meglio anello al naso,
ma stare qui.

Bongo Bongo Bongo
stare bene solo al Congo
non mi muovo, no no.
Bingo Bango Bengo
molte scuse ma non vengo
io rimango qui.
No bono scarpe strette,
saponette, treni e tassì,
ma con questa sveglia al collo
star bene qui.

Ma con questa sveglia al collo
star bene qui!

Ma con questa sveglia al collo
star bene qui!


Um dia um grande explorador
lá no equador,
em volta reunidas as tribos
aos negros disse assim:
Sozinhos, sozinhos, o que fazem aqui,
muito melhor é a cidade.
Sigam-me, força!
Mas o velho negro disse então:

Oh! Bongo Bongo Bongo
estar bem só no Congo
não me movo, não não.
Bingo Bango Bengo
muitas desculpas mas não venho
eu permaneço aqui.
Não bom sapatos estreitos,
sabonetes, trens e táxi,
mas com este relógio no pescoço
estar bem aqui.

Mas sempre o grande explorador
a cada um falou
dos quadros futurista, do swing,
a nossa moda explicou:
Sozinhos, sozinhos, o que fazem aqui,
eu vos levarei a Paris.
Sigam-me, força!
Mas o velho negro disse ainda:

Oh! Bongo Bongo Bongo
estar bem só no Congo
não me movo, não não.
Bingo Bango Bengo
muitas desculpas mas não venho
eu permaneço aqui.
Não bom radio e cine,
senhoritas magras assim,
muito melhor anel no nariz,
mas estar aqui.

Bongo Bongo Bongo
estar bem só no Congo
não me movo, não não.
Bingo Bango Bengo
muitas desculpas mas não venho
eu permaneço aqui.
Não bom sapatos estreitos,
sabonetes, trens e táxi,
mas com este relógio no pescoço
estar bem aqui.

Mas com este relógio no pescoço
estar bem aqui!

Mas com este relógio no pescoço
estar bem aqui!