Musica Italiana

Addio a Napule

( Canta: Roberto Murolo )
( Autor: D. Bolognese - 1868 )

Original em dialeto napolitano Tradução

Nce simmo a la partenza.
Io mme ne vaco...addio!
Napule bello mio,
non te vedraggio cchiù!
Quanto nc'è de cchiù caro
dinto de te se 'nzerra.

Addio!
Addio!
No paraviso 'nterra
Napule mio si tu!
No paraviso 'nterra
Napule mio, si' tu!

D'ammore, chi mme 'ncontra,
che vò' parlá mme pare.
Ll' aria , le vvie, lo mare
mme parlano purzí.
A chiagnere mme vène.
Napule bella, Addio!

Addio!
Addio!
Lo paraviso mio
sempe pe' me tu si'!
Lo paraviso mio
sempe pe' me tu si'!


Chegamos à partida.
Eu vou embora... adeus!
Nápoles bela minha,
não te verei mais!
Quanto existe de mais querido
dentro de ti se encerra.

Adeus!
Adeus!
Um paraíso na terra
Nápoles minha és tu!
Um paraíso na terra
Nápoles minha és tu!

De amor, quem me encontra,
parece que quer falar.
O ar, as ruas, o mar
até me falam.
De chorar me vem.
Nápoles bela, Adeus!

Adeus!
Adeus!
O paraíso meu
sempre para mim tu és!
O paraíso meu
sempre para mim tu és!